Visitando Veneza – dicas e o que você não pode perder

veneza1

Visitei Veneza no último verão europeu. Agosto, temperatura beirando aos 40º, cidade cheia. Mas ainda assim foi encantador.

Veneza é desses lugares que rouba o seu coração no momento em que você pisa na cidade. E, diferente do mimimi de um monte de gente, lá não cheira a esgoto haha. Veneza é incrível! E eu não vejo a hora de voltar.
Separei algumas dicas pare te ajudar em sua visita à esse lugar lindo, confira!

 

QUANTO TEMPO FICAR

Veneza merece pelo menos 2 dias de visita, 3 é perfeito. Em 3 dias você conseguirá conhecer toda a cidade, todos os pontos turísticos e ainda curtir a vida como um local.

 

COMO SE LOCOMOVER

Como não há carros, ônibus, trem ou outro meio de transporte no centro de Veneza, além dos barcos, para chegar do aeroporto à cidade, primeiro pegamos o Aerobus até a Piazzale Roma e de lá o vaporetto (que é um barco usado como ônibus) até a Piazza San Marco. Escolhemos esse meio de transporte, pois além de nos levar ao nosso hotel, fizemos o tour pelo Grande Canal e conhecemos Veneza pelas águas. É um passeio que recomendo muitíssimo, especialmente se é a sua primeira vez na cidade.
Em Veneza, é possível fazer tudo a pé, mas caso dê preguicinha, o vaporetto está ali para te salvar, pois ele para em vários pontos na cidade.

ONDE SE HOSPEDAR

Encontrar um lugar bem localizado em alta temporada (primavera ou verão) por um preço acessível pode ser complicado. Pesquisei muito e acabei encontrando o Bed & Venice – Casa per Ferie la Pietà, que é uma mistura de casa/hostel/albergue/hotel, com localização fantasticamente central e boa estrutura. Fica em uma ruazinha muito perto da Piazza San Marco, então a localização realmente não poderia ser melhor. Escolhi ficar em um quarto compartilhado, pois estava viajando com meu namorado e minha prima. O café da manhã, apesar de simples, também estava incluso no valor da hospedagem. Todos os ambientes eram limpos, silenciosos e, caso esteja procurando por um lugar com bom custo benefício, eu super indico o Bed & Venice.

PicMonkey Collage

 

ONDE COMER 

Aqui depende muito do que você está procurando. Restaurante em Veneza é o que não falta! A maioria, com preços mais elevados do que nas outras cidades italianas que visitei, mas é possível encontrar opções para todos os bolsos. Caso esteja procurando um lanche mais rápido e econômico, existem opções de pastas em caixas (no estilo china in box, mas bem gostosas), kebab ou fatias de pizza em vários pontos da cidade. Se preferir uma refeição italiana mais tradicional, é possível encontrar por preços variados também. Restaurantes muito próximos à Praça San Marco são mais caros e a qualidade não compensa. Então uma dica é procurar por restaurantes nas ruas menores. São mais bonitinhos e muito melhores! O preço varia entre 8 e 12 euros pelas pastas.

veneza12

 

 

PARA CONHECER E VISITAR

Piazza San Marco

Essa é a única praça da cidade e também seu principal ponto turístico. Edíficios com arquitetura que impressionam, restaurantes, lojas, muitos turistas e claro, muitos pombos. Nessa praça você também irá encontrar :

Basílica de San Marco, uma das igrejas mais bonitas que eu já vi na vida. Com lindos mosaicos e estátuas, incluindo o leão dourado símbolo da cidade, a visita à Basílica é gratuita, mas as filas são enormes, então chegue cedo;

Palazzo Ducale ou Palácio dos Doges, que foi a residência dos governantes de Veneza na Idade Média, é hoje um museu que conta com as obras mais importantes da história da cidade;

Campanário, que é uma torre enorme e me deixou de boca aberta. Essa torre atual é uma versão idêntica da original que caiu em 1902. Subir ao Campanário custa 8 euros e há um elevador que te leva ao topo, onde você pode curtir a vista da cidade toda. Vale muito a pena! 

Torre dos Relógios, outra construção incrível com um relógio nada comum, pois além das horas, ele indica os signos do zodíaco, as estações do ano e alguns planetas. Levei um tempo até entender a belezinha. No topo da torre há um sino com duas estátuas e logo abaixo, o famoso leão de Veneza. Pode-se visitar essa torre também, mas estava em reforma quando eu estive por lá.

veneza6

veneza5

veneza9

Ponte dos Suspiros

Pertinho da Piazza San Marco, fica essa famosa ponte. É fato que Veneza está repleta de pontes, são muitas mesmo, mas essa tem toda uma história que a torna famosa e interessante. Ela conecta o Palazzo Ducalo às Prigioni Nuove, que foi a primeira prisão construída no mundo. A origem do nome da ponte é ainda mais interessante. Os prisioneiros, ao cruzarem a ponte com destino à prisão, suspiravam ao ver o mundo exterior pela última vez. Rola um certo arrepio ao pensar nisso haha.

Passeio de Gôndola

Atração muito popular em Veneza, esse passeio é também o mais caro. Em agosto, o passeio pelo canal para o casal saia por 100 euros. Além de não estar com euros saltando da carteira, deixamos de fazer esse passeio pois com a temperatura elevada de agosto, seria realmente impossível aguentar o sol na cabeça sentadinha no barco indo tão devagar. Acho que eu pularia na água de desespero haha então foi melhor evitar.

Caso você também opte por não fazer esse passeio, há outras maneiras de curtir Veneza pelas águas (o vaporetto que já falei no início do post é uma opção mais em conta).

 

Caminhar sem destino e se perder nas ruazinhas labirintos

Não há melhor maneira de realmente conhecer essa cidade tão peculiar e diferente, do que andando. Com ruas estreitas, arquitetura belíssima e vários restaurantes, bares e lojinhas interessantes, Veneza é o lugar perfeito para conhecer a pé. Aproveite para visitar as lojinhas com máscaras, bonecas e várias coisas do Carnaval típico de Veneza. Você irá encontrar também muitas lojas de souvenir, galerias de arte e os famosos vidros coloridos de Murano, além de muuuuuuitas pontes (eu já disse que são várias né?), igrejas e museus.

Em uma dessas andadas sem rumo, encontramos o Museo Della Musica, que está situado em uma igreja e que apresenta uma exposição permanente dedicada à Vivaldi. Harpas, violas e violinos, além de muitas informações sobre a vida de Vivaldi, é um pouco do que você irá encontrar ali. Tudo isso ao som do compositor (sim, fica tocando Vivaldi o tempo todo, o que torna a visita ainda melhor).

Última, mas não menos importante, dica: há diversas fontes com água potável espalhadas pela cidade, então ande com sua garrafinha e aproveite para beber água geladinha for free.

veneza14

veneza21

veneza22

veneza16

veneza24

veneza23

Essa foi a minha experiência e lugares preferidos nessa cidade mágica. Espero que gostem! ❤

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR:

Comente aqui